Como montar o nosso tildelog

Fomos buscar ao tilde.club o bashblog, uma forma simples de montar um blog no conforto da nossa shell.

Criar

Para começar o nosso tildelog, fazemos o diretório para o alojar

mkdir ~/public_html/blog

e vamos para lá.

cd ~/public_html/blog

O primeiro post

Aqui chegados, podemos começar pelo nosso primeiro post, assim:

  1. Corre o comando bb post
  2. Escreve um post no editor (presente na variável $EDITOR da shell, caso queiras um em particular)

O post vai ser lido como Markdown. Se preferires escrever em HTML, corre antes bb post -html.

O bashblog agora cuida do resto. Quanto terminar, aponta o teu browser para o URL do blog (https://tilde.club/~zequinha/blog) e vais ver o índice e uma nova página para o teu novo post!

Configurar

Se quiseres alterar o título e outros pormenores do teu tildelog, só é preciso criar um ficheiro .config no diretório do blog, colar o exemplo abaixo e editar como preferires:

# Título e descrição do tildelog
global_title="o meu tildelog"
global_description="um blog na tildelândia"
# Nome do autor
global_author="~$USER"
# URL do autor (pode ser qualquer site)
global_author_url="https://tilde.pt/~$USER/"
# Email público do autor
global_email="$USER@tilde.pt"
# Licença dos conteúdos
global_license="CC by-sa"

# Ficheiros CSS para incluir em todas as páginas
# ex. css_include=('main.css' 'blog.css')
# Deixa vazio para usar o default
css_include=()
          

O bashblog ainda permite mais controlo sobre os pormenores, para isso dá uma vista de olhos no código-fonte do bb.sh para ver as variáveis que podem ser alteradas.

Mais comandos

Para saber todos os comandos do bashblog, é escrever bb.

E para mais pormenores ainda, o README do bashblog tem tudo.